Top 5 livros que você jamais pensou existir

Recebi por email uma lista d'"Os 10 livros que você jamais pensou existir".
Como são livros bizarros ou engraçados, vão virar uma lista aqui! Mantive os comentários feitos por quem mandou o email pra não estragar o trabalho do indivíduo.

Os meus 5 favoritos são:

1) "Como fazer xixi no mato".
"Mesmo em locais considerados pouco explorados e selvagens, já existe problemas crescentes de poluição. Desde sua primeira edição em 1989, "Como Cagar No Mato" (o título original) foi adotado por entusiastas da vida ao ar livre. Nesta edição atualizada, Kathleen Meyer revê o caso dos banheiros portáteis recentemente disponíveis e em novo capítulo conta a situação do solo ideal para se fazer o cocô. Outros tópicos incluem a disposição de sistemas desinfecção do campo, locais indicados para mulheres e como evitar plantas que provoquem alergias."
De Kathleen Meyer.

O original era "How to shit in the woods", ou "Como cagar no mato" (huahua), mas devem ter tentado amenizar o nome, se é que esse livro foi traduzido.

2) "Como alugar um negro".
"Ayo, um artista conceitual que integra apresentações de artes visuais, oferece um olhar satírico das relações raciais e das maneiras inumeráveis que brancos e pretos interagem no dia-a-dia do mundo, mas sem penetrar na questão das barreiras raciais. Ayo reivindica - olha que coisa mais preconceituosa! - que todos os pretos devem ser "alugados" algum dia. Os brancos tendem a ser os alugadores, destacando também a maneira de como os pretos alcançam oportunidades de emprego numa sociedade racista. Ah! o livro é escrito por um negro."

3) "Como perder amigos e alienar pessoas".
"Como perder amigos e alienar pessoas' é um divertido trabalho de Toby Young sobre os cinco anos em que o autor gastou a procura de um amor. Ele narra com indescritível humor a maneira como passou por lugares errados e as formas de trabalho que teve se sujeitar para conseguir enfrentar a barra pesada da vida. Young conta ao longo das páginas sobre o trabalho que teve em Nova York, aceitando desde ofertas de serviço como manequim até mesmo a a lustrador (?) de bonecas infláveis para sexo interativo."

4) "Como falar com quem morreu: manual prático".
"Não se trata de nenhuma obra ligada à doutrina Espírita. Mas, na verdade é um manual prático onde o autor discute um esboço geral dos fatos e argumentos científicos em que se baseiam as certezas da sobrevivência e da comunicação - não li, mas imagino que ele possa conter relações de fatos que permitiram a cientistas como Oliver Lodge, Charles Richet, Cesare Lombroso e tantos outros, estudar a comunicação entre o mundo físico e o espiritual."

5) "Como ler um livro".
"Publicado originalmente em 1940, transformou-se em um fenômeno raro, um clássico vivo. É o melhor guia e o mais bem sucedido à compreensão de Leitura para o leitor geral. E tem sido completamente reescrito e atualizado. Nele, é possível se saber dos vários níveis de leitura e como consegui-los - da mais elementar, passando pela análise sistemática e a leitura dinâmica. São ensinadas técnicas diferentes para se ler livros práticos, literatura imaginativa, jogos, poesia, história, ciência e matemática, filosofia e ciências sociais. Há testes para medir o progresso do leitor."

Pra mim, o campeáo é "Como ler um livro", afinal você precisa ler um pra aprender a ler outro! ;)
1 comentário

Postagens mais visitadas